Nossa Senhora de Czestochowa nos Carmelitas no Panamá

Na quarta-feira, 28 de novembro às 16:00hs Nossa Senhora de Czestochowa deixou a sede da televisão católica FETV e foi transferida para a paróquia de Nuestra Señora del Carmen, onde ficará durante as próximas duas semanas.

Este dia foi o dia nacional do Panamá e muitos panamenhos, usando um tempo livre, deixaram a cidade. No entanto, aqueles que ficaram perto da igreja ouviram com espanto os sinos que anunciavam a chegada da peregrinação do Ícone da Mãe de Deus.

O ícone ficava no lado esquerdo do altar principal. Estava colocado em uma mesa coberta com uma toalha de mesa branca e a seus pés havia flores. Em ambos os lados do ícone havia duas bandeiras: polonesa e panamenha.

Antes da missa, o rosário foi dito. Padre Leon Juchniewicz presidiu a solene Eucaristia. Com grande empenho, explicou que Nossa Senhora de Czestochowa está fazendo peregrinações pelo mundo com uma grande mensagem sobre a defesa da vida humana. Antes da bênção no final da missa, todos os fiéis rezaram ao Santo Papa João Paulo II da encíclica Evangelium vitæ.

Os padres carmelitas responsáveis ​​por esta paróquia cumpriram o seu papel de acolher o ícone. Apesar da ausência de muitas pessoas por causa do feriado nacional, muitos paroquianos vieram participar desta Eucaristia e saudar a Mãe de Deus de Czestochowa em sua comunidade.

Na manhã do dia seguinte (quinta-feira), Pe. Leão foi recebido em audiência com o Núncio Apostólico no Panamá - Arcebispo Miroslaw Adamczyk, que é polonês e vem da Arquidiocese de Gdansk. Ele prometeu apoio para a visita do Ícone de Czestochowa e declarou uma oração por essa intenção.

De tarde, Pe. Leon presidiu a missa na paróquia de Nossa Senhora da Boa Esperança, onde Pe. Francisco Verar é vigário e seu irmão é pároco. Ele visitará este ícone mais tarde, mas agora Pe. Leon entregou o pedido dos fiéis a orar, e nas mãos de Nossa Senhora de Czestochowa estavam colocando todas as necessidades do povo do Panamá, que espera a chegada do Santo Padre Francisco e grandes multidões de jovens peregrinos de todo o mundo durante as Jornadas Mundiais da Juventude, que será realizada em janeiro de 2019.

Com esta mensagem, Pe. Leon disse adeus ao Panamá por enquanto, porque ele teve que voltar para sua paróquia equatoriana. Ele observou que cuidarão do Ícone em boas mãos e está confiante de que os Panamenhos a aceitarão com grande amor como verdadeiros filhos de Maria.