A Virgem de Czestochowa chega ao Norte do México

Nossa querida Mãe do Céu, por meio da Imagem de Czestochowa viajou para Tijuana para encontrar-se com seus filhos. Desde o dia 30 de abril até o dia 13 de junho ela estará na Fronteira Norte e sua sede será o Santuário da Beata Madre Teresa de Calcutá e a Casa Geral dos Padres Missionários da Caridade. Tijuana é a cidade mais povoada do estado de Baja Califórnia Norte, que faz fronteira com o estado da Califórnia nos Estados Unidos da América. É uma cidade que tem praias e penhascos banhados pelo Oceano Pacífico e se encontra a 170 km Oeste da Capital do Estado Mexicali. Os coordenadores desta Zona do País são o Padre Zbiginew Szczotka, M.C., e casal Flor e René García da comunidade Provida Santa Faustina.

Reconhece-se que esta é a fronteira mais cruzada do mundo. Os imigrantes ilegais que cruzam para os Estados Unidos o fazem através de uma cerca que divide os dois países. Estas pessoas são chamadas de “galinhas! E os que extorquem estas pessoas são chamados de “polleros”. A virgem Santíssima se mobilizou até a fronteira em um avião.  No dia 29 de abril, com muito respeito e cuidado, foi embalada a Imagem de Nossa Senhora de Czestochowa e a Imagem da Divina Misericórdia. Na noite do dia seguinte, logo depois de uma longa viagem, as imagens foram recebidas pelo Discípulo de Jesus, cujo responsável é o Padre Zibi e os Padres Missionários da Caridade no Aeroporto de Tijuana. Com grande alegria e emoção, as imagens foram recebidas com cantos. Do aeroporto até o santuário a distância é de 10.2 km, e as imagens foram levadas com todo cuidado por meio de um moderno equipamento. Eram três pacotes com a Imagem de Nossa Senhora de Czestochowa, a Imagem de Jesus e da Divina Misericórdia.

A sede onde se encontra a Virgem Santíssima é o primeiro Santuário Oficial em memória da Beata Madre Teresa de Calcutá, situado na Terra onde começou a primeira de suas numerosas obras de caridade em Tijuana. O Santuário inclui a igreja principal, salas de Conferência, confessionários e uma exposição sobre a vida e a obra de Madre Teresa.

Junto ao Eremitério, encontra-se a Casa Central da ordem dos Sacerdotes que a Madre Teresa fundou, os Padres Missionários da Caridade. Seu carisma é atender os podres dentre os pobres. Aqui se atende as pessoas da rua, os viciados que estão em centros de habilitação e os presos. Como santuário, o lugar busca ser um ambiente para receber os peregrinos para encontro do Senhor.

No dia 1º de maio, sexta-feira, se realizou uma veneração na Capela do Santuário dos Padres Missionários da Caridade e se realizaram algumas entrevistas sobre a Peregrinação “De Oceano a Oceano” que estiveram a cargo de Beatriz González e seu esposo José Luis García Chagoyan. Estiveram presentes a Rádio e TV Monte María no programa Koinonía, e a Rádio e TV para Provida Santa Faustina.

No Sábado se realizou o Encontro Regional Provida. Antes das 9 da manhã, foi dada as boas-vindas à Virgem na Capela Principal do Santuário Beata Teresa de Calcutá. Logo Beatriz e José Luis, em nome da Fundação Vida Florida iniciou o Encontro com uma mensagem aos presentes. O programa se estendeu por todo o dia, com testemunhos e bate-papos. Às 15h foi recitado a Coroa da Divina Misericórdia em desagrado aos Crimes de Aborto. Logo após, os fiéis, juntamente com a Imagem de Czestochowa, realizaram uma procissão de dois km pelas ruas rezando o Santo Rosário a favor da vida. Esta procissão se realiza todo primeiro sábado do mês na Colônia e neste dia teve a presença de Nossa Senhora.

A Santa Missa às 16h00 foi realizada pelo Sr. Arzobispo Metropolitano S. E. Mons. Rafael Romo Muñoz com liturgia de veneração à Santa Mãe de Deus. Em sua homilia, falou sobre a importância que tem a defesa da vida humana desde a concepção até a morte natural. Em continuação foi colocada insígnias nos adoradores noturnos com uma benção. Por último, se recitou a Consagração da Civilização da Vida e do Amor. Os adoradores noturnos estiveram por toda noite em vigília junto com a Nossa Senhora.

Ambos os dias foi realizada a adoção espiritual, que consiste em comprometer-se a rezar por 9 meses, todos os dias, por um bebê que está em perigo de ser abortado. A pessoa não conhece o bebê, mas reza para que sua vida seja respeitada. No céu será visto os frutos. “Foi maravilhoso saber que consagraram as adoções espirituais de bebês não nascidos em perigo de morrer. Todas aquelas que conseguiram hoje, terminam com o parto do bebê na Festa da Candelária”, disse Griselda, muito emocionada.

No domingo foi celebrada a Santa Missa dominical as 9h00 junto com a Nossa Senhora de Czestochowa e logo depois o Santo Rosário. Ao meio dia a Virgem Peregrina se dirigiu até a Paróquia da Sagrada Família. As 17h00 foi levada à Paróquia de San Isidro Labrador, onde rezou-se o Santo Rosário e a Consagração. Às 20h00 a Virgem de Czestochowa voltou para o Santuário da Beata Teresa de Calcutá.

Na segunda-feira, esteve no Convento das Missionárias da Caridade. Nestes dias, vários sacerdotes da comunidade colaboraram com as confissões. Ademais, estiveram presentes os noviços em preparação provenientes de EE.UU., Costa do Marfim, India, México, entre outras nacionalidades. Entre os grupos pastorais que participaram podemos destacar a Delegação Tijuana do Comitê Nacional Provida, o Apostolado de Adoção Espiritual, 40 dias pela Vida – Tijuana, Discípulos de Jesus dos Missionários da Caridade, os Adoradores Noturnos, as Missionárias da Caridade e os Noviços dos Missionários da Caridade.

Na terça-feira, 05 de maio a Peregrinação “De Oceano a Oceano”, já tinha sido percorrido 2,358.8 km e terá tocado novamente a Costa Leste, esta vez no México, na cidade de Oceano Pacífico, na mesma altura da Cidade da La Joya, em San Diego, Califórnia, visitada durante a Peregrinação nos Estados Unidos.